Uma apaixonante e esplendorosa terra, um magnífico povo! Será brilhante seu futuro, construído por todos os que têm Angola no coração, que nela ou na diáspora trabalham e com amor criam suas famílias.

Quarta-feira, 13 de Outubro de 2021
uma importante obra

IMG_0386.jpg

 


marcadores: ,

publicado por zé kahango às 20:26
link do post | comentar | favorito

Quarta-feira, 9 de Junho de 2021
Para breve, a história que faltava contar...

capa.PNG

 


marcadores: ,

publicado por zé kahango às 21:10
link do post | comentar | favorito

Segunda-feira, 11 de Janeiro de 2021
Maravilha, com 830 páginas

1AD592DD-DAE5-4B14-8E88-774678F03E5F.jpeg

 


marcadores: ,

publicado por zé kahango às 16:44
link do post | comentar | favorito

Quarta-feira, 6 de Janeiro de 2021
"Angola e as Retóricas Coloniais", de A. Oliveira Pinto

EXCELENTE!

026EC54E-EEE7-4229-94F5-A17463F4367D.jpeg


marcadores: ,

publicado por zé kahango às 20:43
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito

A Baixa de Cassanje

F7DFAEAD-D01C-445B-B806-735F88BA514A.jpeg

3DC408D8-7850-4603-AB09-EA9309F7A3D6.jpeg

07185939-346F-4C6F-B964-ABAC1D05F4A5.jpeg

de https://livrosultramarguerracolonial.blogspot.com/2020/12/1_22.html?spref=fb&fbclid=IwAR3zvi6ghVPmm5uvRozkrFvCtSPqHpRiCUfHePbRvqgJ1zGe3t5q5G-AQII&m=1



publicado por zé kahango às 18:10
link do post | comentar | favorito

Segunda-feira, 4 de Janeiro de 2021
para estudiosos...

9AA42767-5D7D-4DEC-B826-C6D131171105.jpeg

661B30B0-A2BD-4F06-A67E-248F3D98EA90.jpegA01BD4FA-CF3D-4CA0-BA0F-4096DBBA39AF.jpeg

4002BB5F-5FA5-41A2-804B-D99335BD5927.jpeg


marcadores: ,

publicado por zé kahango às 16:24
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

Sexta-feira, 1 de Janeiro de 2021
Escritores de Angola

Autores e Escritores de Angola 1642-2018 - Livro - WOOKUm catálogo da literatura angolana desde o século XVII - Rede Angola -  Notícias independentes sobre Angola

Uma importante obra de Tomás Gavino Coelho, agora justamente reconhecida:

"Um exaustivo e meticuloso levantamento bibliográfico é a obra que Tomás Lima Coelho nos revela em “Autores e Escritores de Angola 1642-2018”. Um trabalho único e solitário, de mais de uma década, mas útil para os amantes e estudiosos da Literatura Angolana. Uma obra indispensável e pedagógica para a formação das futuras gerações."

"(...) Esta nova publicação das editoras Alende/Perfil Criativo, melhorada e actualizada, a primeira do género em todos os PALOP, permitiu a acomodação de mais 730 novos nomes de gente das letras e das ciências de Angola, que assim se juntam aos 1.780 já registados da edição anterior. Agora o total de autores e escritores angolanos corresponde, até ao momento, a 2.510 e a algumas centenas mais de livros publicados, nos anos de 2016, 2017 e 2018. (...)» (Filipe Zau, in Prefácio)

Leia toda a notícia aqui:
https://www.uccla.pt/noticias/livro-autores-e-escritores-de-angola-1642-2018-de-tomas-lima-coelho?fbclid=IwAR0FTHiUxbI0MC7_FPx2w4-6z2FZG6DVRQutXVL299397QC-dlgJsi_eqN4


marcadores: ,

publicado por zé kahango às 12:20
link do post | comentar | favorito

Domingo, 6 de Dezembro de 2020
Kalucinga - de Alexandra Simeão

Acabo de ler uma deliciosa apresentação de um livro editado pela Chá de Caxinde.

Alexandra Simeão

Ora apreciem também como foi:

http://www.alexandrasimeao.com/HOME/index.php/kalucinga


marcadores:

publicado por zé kahango às 15:20
link do post | comentar | favorito

Domingo, 25 de Novembro de 2018
um livro em carne viva...

"Rádio em Angola - Como eu a vivi", de Diamantino Pereira Monteiro.

livro_133557710_1_360.jpg

Excelentemente escrito, na primeira pessoa, um testemunho de - ainda que contida - grande emoção.


marcadores: ,

publicado por zé kahango às 19:06
link do post | comentar | ver comentários (7) | favorito

Terça-feira, 2 de Outubro de 2018
Atlas de répteis e anfíbios

123 anos depois, répteis e anfíbios de Angola têm um novo atlas

São quase 400 espécies, entre 117 anfíbios e 278 répteis, com as respetivas descrições taxonómicas, distribuição geográfica e contexto ecológico e climático. É o Atlas dos Répteis e Anfíbios de Angola, uma obra de referência, que reúne toda a informação disponível sobre essa fauna e que acaba de ser publicado pela Academia de Ciências da Califórnia, nos Estados Unidos, sob o título Diversity and Distribution of the Amphibians and Terrestrial Reptiles of Angola. Mais de um século depois da publicação, em 1895, do primeiro Atlas dos Répteis e Anfíbios de Angola, pelo naturalista português José Vicente Barbosa du Bocage, o novo trabalho, da autoria dos biólogos portugueses Mariana Marques e Luís Ceríaco, e dos norte-americanos Aaron Bauer e David Blackburn, elaborado em parceria com o Ministério do Ambiente de Angola, o atlas vai estar também disponível online, para consulta gratuita, e será apresentado em Luanda ainda este mês.

Leia mais aqui



publicado por zé kahango às 10:17
link do post | comentar | favorito

Sexta-feira, 13 de Junho de 2014
de José Viana Leitão de Barros
 

marcadores: ,

publicado por zé kahango às 17:21
link do post | comentar | favorito

Quinta-feira, 5 de Junho de 2014
lançamento oficial no dia 13 de Julho, nas Caldas da Rainha

 

 

 


marcadores:

publicado por zé kahango às 13:45
link do post | comentar | favorito

Segunda-feira, 25 de Fevereiro de 2013
e-book

marcadores: ,

publicado por zé kahango às 14:53
link do post | comentar | favorito

Domingo, 17 de Fevereiro de 2013
querem conhecer a história?


publicado por zé kahango às 01:06
link do post | comentar | favorito

Sexta-feira, 25 de Janeiro de 2013
Atlas de Angola

 

128 páginas, 1ª edição 2008, Macmilan Education


marcadores:

publicado por zé kahango às 15:00
link do post | comentar | favorito

Terça-feira, 22 de Janeiro de 2013
"Muitas são as Áfricas", de Leonel Cosme

“Leonel Cosme (n. em 1934, em Guimarães) viveu 30 anos em Angola, incluindo cinco após a independência, como cooperante. Foi o co-organizador das Edições Imbondeiro da antiga Sá da Bandeira (hoje, Lubango), em 1960-65, entre outras actividades culturais e cívicas, como sejam a formação de radialistas ou o comprometimento com o MPLA.

 

 

Antigo jornalista, e ainda cronista, escritor e investigador, lançou um livro que é um testemunho eloquente da sua capacidade de pensar para lá das aparências, dos preconceitos e das verdades falsas (leia-se "afirmações infundamentadas") estabelecidas como dogmas. O título é, já por si, instigante, revelador do conteúdo.

Publica um livro fundamental: Muitas são as Áfricas, Lisboa, Novo Imbondeiro, 240 págs. - para quem quiser compreender sobretudo Angola, noutras facetas, (…) através da análise da acção e pensamento colonizadores e da acção e pensamento libertadores de portugueses e (ex-)colonizados. Não escreve um tal livro quem quer, mas quem pode, pela sua singular vivência e posição. Um testemunho intelectual de grande qualidade, um "testamento" de saudoso amor à terra e ao povo.

Inclui estudos magníficos sobre o lusotropicalismo que não existiu (refutação do que Freyre aplica a Portugal e colónias e, indirectamente, refutação das "crioulidades" angolanas que andam por aí), (…) as relações históricas do Brasil com Angola, a literatura colonial (goste-se ou não da sua perspectiva muito própria), a guerra colonial e outras guerras e a (des)memória dos intervenientes e dos povos, os caminhos que África tem tomado pela mão dos seus dirigentes e intelectuais, (…), analisando o racismo, a xenofobia, a corrupção, a guerra, a fome, com especial incidência em Angola, (…).

Muito historiador, crítico literário, docente de "lusofonia", ideólogo neo-lusotropicalista, terá aqui matéria para evitar julgamentos prévios, generalizações totalitárias, preconceitos arreigados, atitudes de senso duvidoso. (…) Um livro que especialistas, estudantes, políticos e portugueses, só para ficar por aqui, deviam ler com cuidadosa atenção (…). Muitas "gralhas", até na capa, não deslustram o volume, que traz referidos Steiner, Kandjimbo, Inocência Mata, Agostinho Neto, Óscar Ribas, Kapuscinski, Hatzfeld, Waberi, Maathai, Freyre, Andrade Corvo, Laban, Pepetela, Senghor, Jaime Cortesão e tantos outros. (…)

Por vezes, quando fala, com evidente gosto, saber e pedagogia, dos variados interesses em jogo na época colonial (p. ex., sobre a maçonaria, Norton de Matos e José de Macedo, em Angola), parece um português empenhado na vertente colonial, pois não quer passar pelo que não é (angolano). Outras vezes, discute Angola com tanto prazer e objectividade que presta um serviço melhor do que muitos patriotas precipitados e preconceituosos. (…)

Como não dar importância aos estudos sobre a ideia e, depois, a fundação da Universidade na Huíla (Angola) e sobre a Kuribeka, desfazendo, neste caso, o equívoco corrente de considerá-la o mesmo que a maçonaria? (…)

Sobre Equador, de Miguel Sousa Tavares, diz que é um romance "colonial" (usa aspas) de um autor que não considera obviamente colonialista. Este pormenor serve para mostrar como o A. pensa a contemporaneidade, as ilusões que podem acometer os leitores, de novo fascinados por uma enxurrada de textos exóticos e turísticos, como se não quisessem ou não pudessem ver para lá das aparências da fantasia, como quase sempre ocorreu com os portugueses em relação a África. (…)

Os africanos (sem preconceitos) também ficarão a ganhar com a leitura.”

 

(adaptado de A Página da Educação http://www.apagina.pt/?aba=7&cat=170&doc=12547&mid=2)


marcadores: ,

publicado por zé kahango às 00:40
link do post | comentar | favorito

Quinta-feira, 20 de Dezembro de 2012
da capa de livro lançado na China

 

 

 

Versão PDF

 

http://www.consuladogeral-angola.hk/images/stories/PDF/angola_book.pdf



publicado por zé kahango às 23:45
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

Editor e Redator:
José "Kahango" Frade
marcadores

a nossa gente

a nossa terra

crónica

cultura

editoriais

livros

memórias

o futuro é já hoje

poesia

todas as tags

pesquisar
 
posts recentes

uma importante obra

Para breve, a história qu...

Maravilha, com 830 página...

"Angola e as Retóricas Co...

A Baixa de Cassanje

para estudiosos...

Escritores de Angola

Kalucinga - de Alexandra ...

um livro em carne viva...

Atlas de répteis e anfíbi...

de José Viana Leitão de B...

lançamento oficial no dia...

e-book

querem conhecer a históri...

Atlas de Angola

"Muitas são as Áfricas", ...

da capa de livro lançado ...

a nova Angola

interessante tese de dout...

Biodiversidade...

Uma obra única (em dois t...

muito interessante!

sociologia

László Magyar - sabem que...

António Trabulo

últimos comentários
Tenho para mim que passados vários anos após a rea...
Estudante que ao apaixonar-se por uma jovem milita...
The best Angola.Like.
Kahumba.
Obrigado! Abraço.
Suspeito que a capa deste livro tenha ofendido alg...
Mesmo assim, em rigor da verdade há motivações opo...
Sim, é precisamente desse artigo que retirei o que...
Este é um assunto que habitualmente dá origem às m...
Este, é um silenciamento voluntário. Por “má memór...
Essa rede de bufos era uma das causas do silêncio ...
Curioso e interessante. Fica registado. Entretanto...
As ficções sobre África (e também sobre os árabes....
Na verdade, não foi apenas aos colonos de Angola q...
Sim, esse é um livro incontornável para quem se in...
Esta reportagem poderá ser utilizada como um convi...
Obrigado, Karipande!
Neste século XXI, o povo Herero tem sido alvo de d...
Neste documentário, que não é etnográfico, são col...
É um local fantástico! Obrigado pela sua visita. V...
posts mais comentados
Equipa do blogue
Coordenadora do Conselho Redatorial: Paula Duarte (A-Santa-Que-Me-Atura...) PAINEL DE COLABORADORES: Dionísio Sousa (Cavaleiro dos Contos), "Funka" (Nobre Reporter Permanente), João "Neco" Mangericão (Moçâmedes), Jorge Sá Pinto (Assuntos Arqueológicos), José Silva Pinto (Crónica Quotidiana), Mané Rodrigues (Assuntos Culturais), Paulo Jorge Martins (Fauna Grossa), Ulda Duarte (Linguística da Huíla), Valério Guerra (Poeta Residente).
ligações
arquivos

Outubro 2021

Setembro 2021

Agosto 2021

Julho 2021

Junho 2021

Fevereiro 2021

Janeiro 2021

Dezembro 2020

Novembro 2020

Maio 2020

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Junho 2019

Março 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Maio 2017

Setembro 2014

Julho 2014

Junho 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Dezembro 2013

Outubro 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Outubro 2009

Setembro 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Julho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Novembro 2006

Setembro 2006

Julho 2006

Junho 2006

Abril 2006

Março 2006

o nosso contacto:
munhozfrade@gmail.com
subscrever feeds
blogs SAPO