Uma apaixonante e esplendorosa terra, um magnífico povo! Será brilhante seu futuro, construído por todos os que têm Angola no coração, que nela ou na diáspora trabalham e com amor criam suas famílias.
Sábado, 19 de Janeiro de 2019
o que é?

46401465_1221871527962151_4765546384218652672_n.jp

 


marcadores:

publicado por zé kahango às 19:37
link do post | comentar | favorito

5 comentários:
De Fernando Ribeiro a 20 de Janeiro de 2019 às 02:41
É uma pequena rã com as patas encolhidas, vista de cima. Acertei?


De zé kahango a 20 de Janeiro de 2019 às 08:33
Também me parece, mas gostava de saber como se chama...


De Fernando Ribeiro a 21 de Janeiro de 2019 às 00:56
Ah, desculpe, pensei que fosse um desafio... Eu também não sei como se chama, mas procurei no Dicionário Kimbundu-Português, de A. de Assis Júnior, e encontrei o seguinte:

Rizundu - Rã; sapo.
Karizundu - Sapo pequeno. Rela.

O dicionário em causa emprega uma ortografia baseada no kimbundu de Luanda, em que o R é brando (logo, não arranhado) e corresponde a D no kimbundu falado nas restantes regiões (Cuanza-Norte, Malanje, etc.). Portanto, a palavra Rizundu também se pode ler e escrever Dizundu. Do mesmo modo, também se pode ler e escrever Kadizundu em vez de Karizundu.

Por outro lado, o prefixo Ka-, em kimbundu, é um diminutivo, equivalente ao sufixo -inho em português. Como Rizundu ou Dizundu quer dizer rã, então Karizundu ou Kadizundu quer dizer rãzinha, o que está de acordo com a definição dada no dicionário. É o caso do animal que se vê na foto.

Só mais uma coisa. Se estiver interessado neste Dicionário Kimbundu-Português, que é completíssimo, pode descarregá-lo do seguinte endereço, onde está disponível em vários formatos: https://archive.org/details/dicionriokimbu00assiuoft/page/n4


De zé kahango a 21 de Janeiro de 2019 às 08:00
Muito obrigado pela contribuição! Incluirei o link para o dicionário.


De Ricardo Sebastiao a 28 de Fevereiro de 2019 às 16:00
E uma rã de especie rara e possivelmente so encontramos em locais https://www.informativoangolano.com (https://www.informativoangolano.com)


Comentar post

Editor e Redator:
José "Kahango" Frade
marcadores

a nossa gente

a nossa terra

crónica

cultura

editoriais

livros

memórias

o futuro é já hoje

poesia

todas as tags

pesquisar
 
posts recentes

Transumância, de João Sá ...

Manuel Fonseca e os aviõe...

Manuel Fonseca e o Liceu ...

As Missões Católicas do S...

nova colectânea

um monumento

nova obra, de utilidade p...

Luanda, 1890

Sabe quem foi?

Fantástico!

rios

qual é a verdadeira?

velhos transportes

leia-se...

velhas actividades - 2

velhas actividades - 1

transporte de marufo

músicos...

marimbas...

velhas caçadas

ascender ao planalto

num certo hospital...

no tempo das ovelhas

Para a desconstrução dos ...

uma importante obra

últimos comentários
II ParteUm exemplo mais antigo e do meu conhecimen...
I Parte:Gostaria de acrescentar ainda mais umas br...
Também eu comecei a interagir com muitos amigos at...
Pois foi esse mesmo o primeiríssimo trabalho que l...
Meu caro Lopes. Como temos visto, a má memória tam...
O “silenciamento da guerra colonial” – e, já agora...
Passado um ano, ainda não consegui um patrocínio p...
Sou uma Senhora de 82 anos nascida no Lubango na c...
Saudações.Por favor, o que significa "camacove"?Ob...
Obrigado pelo seu comentário. Este livro teve em m...
Ruy Duarte de Carvalho escreveu este livro em tom ...
As ovelhas suponho que fossem da Estação Zootécnic...
A que região chamarão Alto Dande? O rio Dande, a m...
Não se equivoquem pensando que por publicar estas ...
A do alentejano pifei à Marian Jardim.
Ler aqui a apresentação da segunda edição:https://...
Tenho para mim que passados vários anos após a rea...
Estudante que ao apaixonar-se por uma jovem milita...
The best Angola.Like.
Kahumba.
posts mais comentados
24 comentários
8 comentários
7 comentários
7 comentários
6 comentários
6 comentários
5 comentários
5 comentários
5 comentários
5 comentários
4 comentários
Equipa do blogue
Coordenadora do Conselho Redatorial: Paula Duarte (A-Santa-Que-Me-Atura...) PAINEL DE COLABORADORES: Dionísio Sousa (Cavaleiro dos Contos), "Funka" (Nobre Reporter Permanente), João "Neco" Mangericão (Moçâmedes), Jorge Sá Pinto (Assuntos Arqueológicos), José Silva Pinto (Crónica Quotidiana), Mané Rodrigues (Assuntos Culturais), Paulo Jorge Martins (Fauna Grossa), Ulda Duarte (Linguística da Huíla), Valério Guerra (Poeta Residente).
ligações
arquivos

Agosto 2022

Julho 2022

Fevereiro 2022

Janeiro 2022

Dezembro 2021

Novembro 2021

Outubro 2021

Setembro 2021

Agosto 2021

Julho 2021

Junho 2021

Fevereiro 2021

Janeiro 2021

Dezembro 2020

Novembro 2020

Maio 2020

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Junho 2019

Março 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Maio 2017

Setembro 2014

Julho 2014

Junho 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Dezembro 2013

Outubro 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Outubro 2009

Setembro 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Julho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Novembro 2006

Setembro 2006

Julho 2006

Junho 2006

Abril 2006

Março 2006

o nosso contacto:
munhozfrade@gmail.com
subscrever feeds
blogs SAPO