Uma apaixonante e esplendorosa terra, um magnífico povo! Será brilhante seu futuro, construído por todos os que têm Angola no coração, que nela ou na diáspora trabalham e com amor criam suas famílias.
Terça-feira, 27 de Novembro de 2007
línguas

Angola: Complementariedade entre o português e as línguas nacionais

(25/11/07) O Director Geral do Instituto de Línguas Nacionais, Vatomene Kukanda, defendeu recentemente em Tóquio que a situação linguística ideal para Angola consubstancia-se na complementaridade entre o português e as línguas nacionais num contexto de respeito das diferenças existentes.

Segundo Vatomene Kukanda que e igualmente professor na Faculdade de Letras e Ciências Humanas da Universidade Agostinho Neto, a utilização das línguas nacionais em Angola deve ser considerada como um meio de integração para reforçar a unidade nacional.

“ Essas línguas podem jogar um papel integrativo para milhares de pessoas que não se reconhecem na língua portuguesa”, argumentou Vatomene Kukanda que veio a capital nipónica a convite da Missão Diplomática angolana no Japão para proferir duas palestras sobre a situação linguística em Angola, sendo a primeira dirigida a estudantes da Universidade de Estudos Estrangeiros de Tóquio e a segunda aos membros da Associação de Amizade “Angola-Japão” .

O linguista assegurou que a obtenção de resultados positivos em torno de todos os esforços desenvolvidos para a promoção das línguas nacionais requer a actualização dos dados sobre as mesmas, a definição de um quadro jurídico claro, a reunião das ferramentas já existentes para uma ampla utilização e a inserção no sistema regular de ensino.

Informou que esta em fase de preparação a “Lei sobre o estatuto das Línguas Nacionais”, que devera consagrar a sua importância, conferir a dignidade que lhes cabe no pais e o seu lugar na política linguística de Angola.

Para Vatomene Kukanda, a ampla utilização das línguas nacionais em Angola só poderá evoluir de forma harmoniosa nas diferentes áreas da vida quotidiana, em geral, e no processo de desenvolvimento, em particular, se as gerações vindouras forem preparadas para o manuseamento e enriquecimento das mesmas.

Garante que a melhor via para atingir os objectivos referenciados e a inserção no sistema regular de ensino.

Todavia, sublinha que antes de utilizar as línguas como veículo de ensino, e importante descreve-las cientificamente, dota-las de instrumentos linguísticos de base e textos de interesse literário e científico.

Fonte: Embaixada da República de Angola

( in Pravda )

marcadores:

publicado por zé kahango às 13:58
link do post | favorito

Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Editor e Redator:
José "Kahango" Frade
marcadores

a nossa gente

a nossa terra

crónica

cultura

editoriais

livros

memórias

o futuro é já hoje

poesia

todas as tags

pesquisar
 
posts recentes

Sob a tutela da rósea mon...

O Futuro começa hoje...

Colar Himba

Cunene entre rochas

Ruacaná

Turaco

Esquilo na múcua

na Fenda do Bimbe

da Tundavala

Tchimboto

Defesa da ecologia - Kumb...

uma solução imaginativa

Faculdade de Medicina do ...

Um novo arranque

Reencontro

de Bimbe para Angola Prof...

reunindo...

tranquilidade...

Cubango

rio Cuito

atividade da AAPAN em 201...

mama Himba

Prémio de Mérito

em plena corrida

um par bicudo

últimos comentários
Espiar un celular nunca habia sido tan facil con S...
Olá Que lindas!
[url=https://www.informativoangolano.com]Club k an...
E o Rio Cubal desagua em Moçâmedes na provincia do...
E uma rã de especie rara e possivelmente so encont...
Gostei muito de ler os vossos post, realmente quan...
Nosso pais com tantas maravilhas Noticias de angol...
Caro Carlos: Estive a apreciar a sua página, que o...
Gostei muito da materia quem dera um dia publicar ...
Gostei muito da materia quem dera um dia publicar ...
Alguns botânicos suspeitam que na peculiaridade da...
Ah ah ah! Bem visto! Por vezes a erudição vem acom...
Muito obrigado pela contribuição! Incluirei o link...
Então o jornal Cultura publica uma fotografia de u...
Ah, desculpe, pensei que fosse um desafio... Eu ta...
Também me parece, mas gostava de saber como se cha...
É uma pequena rã com as patas encolhidas, vista de...
Agradeço, mas o mérito não é meu. Como pode ver pe...
Boa tarde.Li e gostei deste excelente texto. Melho...
Não esquecer ainda o Parque Nacional do Bicuar...
posts mais comentados
24 comentários
10 comentários
6 comentários
6 comentários
6 comentários
6 comentários
5 comentários
5 comentários
5 comentários
4 comentários
4 comentários
Equipa do blogue
Coordenadora do Conselho Redatorial: Paula Duarte (A-Santa-Que-Me-Atura...) PAINEL DE COLABORADORES: Dionísio Sousa (Cavaleiro dos Contos), "Funka" (Nobre Reporter Permanente), João "Neco" Mangericão (Moçâmedes), Jorge Sá Pinto (Assuntos Arqueológicos), José Silva Pinto (Crónica Quotidiana), Mané Rodrigues (Assuntos Culturais), Paulo Jorge Martins (Fauna Grossa), Ulda Duarte (Linguística da Huíla), Valério Guerra (Poeta Residente).
ligações
arquivos

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Junho 2019

Março 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Maio 2017

Setembro 2014

Julho 2014

Junho 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Dezembro 2013

Outubro 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Outubro 2009

Setembro 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Julho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Novembro 2006

Setembro 2006

Julho 2006

Junho 2006

Abril 2006

Março 2006

o nosso contacto:
munhozfrade@gmail.com
subscrever feeds
blogs SAPO