Uma apaixonante e esplendorosa terra, um magnífico povo! Será brilhante seu futuro, construído por todos os que têm Angola no coração, que nela ou na diáspora trabalham e com amor criam suas famílias.
Domingo, 30 de Junho de 2019
Faculdade de Medicina do Lubango - novas instalações

FD29775D-0F99-4ACC-8CAF-823798A5E6C8.jpeg

d9d41570ffe10f8cc64416a610d89c08.jpg

"O Presidente da República João Manuel Gonçalves Lourenço, visitou as novas instalações da Faculdade de Medicina da Universidade Mandume ya Ndemufayo, no segundo dia da visita de trabalho que leva a cabo na cidade do Lubango, capital da província da Huíla.

Localizada na Centralidade da Quilemba, o Presidente da República testemunhou o descerramento da placa pela Ministra do Ensino Superior, Ciência, Tecnologia e Inovação, Maria do Rosário Bragança Sambo e efectuou uma visita guiada as novas instalações.

Com uma capacidade de 17 salas de aula, 6 laboratórios, para além das salas destinadas ao apoio administrativo e outros serviços, as novas instalações da Faculdade de Medicina da Universidade Mandume ya Ndemufayo (FM-UMN) garantem agora todas as condições desejáveis do ponto de vista de infraestruturas para que se desenvolvam todos os serviços desejados numa perspectiva do ensino de uma medicina qualificada.

A decana da Faculdade de Medicina da UMN, Drª. Ana da Silva Gerardo disse na ocasião que o novo espaço permitirá o aumento gradual do número de estudantes, por formas a que não se perca a qualidade do processo de formação. Para a Decana sente-se um grande ganho em termos de laboratórios, pois os equipamentos de que a Faculdade de Medicina dispões estão agora devidamente instalados em espaços próprios e adequados. Graças ao apoio prestado pelo Governo Provincial da Huíla, a FM-UMN conseguiu instalar os laboratórios de Simulação Clínica, Anatomia Patológica, Fisiologia, Bioquímica, Microscopia que alberga as disciplinas de Estologia, Embriologia e Anatomia Patológica.

A Faculdade de Medicina tem um efectivo docente composto maioritariamente por docentes cubanos, mas que paulatinamente vai integrando docentes nacionais, contando já com 14 docentes angolanos, dos quais se destacam 11 que se formaram na Instituição.

A Faculdade de Medicina matriculou 561 estudantes no ano 2019."

David Anjos Caunda, daqui

 



publicado por zé kahango às 23:23
link do post | comentar | favorito

Um novo arranque

Nos últimos dias, por ocasião da visita que efectuou ao Lubango, ficámos a saber da intenção expressa pelo Presidente João Lourenço de apostar forte na Província da Huíla, como alternativa para fixação de angolanos, visando resolver o problema do incomportável excesso populacional de Luanda.

Para tanto, o Estado Angolano conta desde já com um significativo "arranque" de investimento público em infra-estruturas, decididamente em curso pela vontade do Governador dessa Província, Luís Nunes.

Tal "arranque" de desenvolvimento do Lubango desdobra-se por vários polos, dos quais destacamos apenas alguns:

1. melhoramento urbano - designadamente a reabilitação dos eixos viários e do saneamento básico;

2. realojamento de populações a viver em condições precárias - a centralidade de Quilemba começa a ser habitada;

3. criação de novas instalações de raiz, para os vários níveis de ensino;

4. criação de novas unidades de prestação de cuidados de saúde - por exemplo a tão desejada Hemodiálise.

Um dos grandes entraves existentes, que - como o Sr. Governador recentemente referiu de viva voz ao Presidente J. Lourenço - urge ser resolvido é o problema do fornecimento de energia elétrica. As centrais térmicas em funcionamento não chegam para as crescentes necessidades.

Em resposta ao Sr. Luis Nunes, ouvimos a promessa do Sr. Presidente de implementar o projeto de ligação entre as barragens do Gove (Provícia do Huambo) e da Matala, que distam cerca de 300 Km.

Com estes factos, vontades e projetos, podemos ter fortes indícios que alimentem a nossa esperança de um futuro melhor.


marcadores:

publicado por zé kahango às 15:28
link do post | comentar | favorito

Editor e Redator:
José "Kahango" Frade
marcadores

a nossa gente

a nossa terra

crónica

cultura

editoriais

livros

memórias

o futuro é já hoje

poesia

todas as tags

pesquisar
 
posts recentes

Transumância, de João Sá ...

Manuel Fonseca e os aviõe...

Manuel Fonseca e o Liceu ...

As Missões Católicas do S...

nova colectânea

um monumento

nova obra, de utilidade p...

Luanda, 1890

Sabe quem foi?

Fantástico!

rios

qual é a verdadeira?

velhos transportes

leia-se...

velhas actividades - 2

velhas actividades - 1

transporte de marufo

músicos...

marimbas...

velhas caçadas

ascender ao planalto

num certo hospital...

no tempo das ovelhas

Para a desconstrução dos ...

uma importante obra

últimos comentários
II ParteUm exemplo mais antigo e do meu conhecimen...
I Parte:Gostaria de acrescentar ainda mais umas br...
Também eu comecei a interagir com muitos amigos at...
Pois foi esse mesmo o primeiríssimo trabalho que l...
Meu caro Lopes. Como temos visto, a má memória tam...
O “silenciamento da guerra colonial” – e, já agora...
Passado um ano, ainda não consegui um patrocínio p...
Sou uma Senhora de 82 anos nascida no Lubango na c...
Saudações.Por favor, o que significa "camacove"?Ob...
Obrigado pelo seu comentário. Este livro teve em m...
Ruy Duarte de Carvalho escreveu este livro em tom ...
As ovelhas suponho que fossem da Estação Zootécnic...
A que região chamarão Alto Dande? O rio Dande, a m...
Não se equivoquem pensando que por publicar estas ...
A do alentejano pifei à Marian Jardim.
Ler aqui a apresentação da segunda edição:https://...
Tenho para mim que passados vários anos após a rea...
Estudante que ao apaixonar-se por uma jovem milita...
The best Angola.Like.
Kahumba.
posts mais comentados
24 comentários
8 comentários
7 comentários
7 comentários
6 comentários
6 comentários
5 comentários
5 comentários
5 comentários
5 comentários
4 comentários
Equipa do blogue
Coordenadora do Conselho Redatorial: Paula Duarte (A-Santa-Que-Me-Atura...) PAINEL DE COLABORADORES: Dionísio Sousa (Cavaleiro dos Contos), "Funka" (Nobre Reporter Permanente), João "Neco" Mangericão (Moçâmedes), Jorge Sá Pinto (Assuntos Arqueológicos), José Silva Pinto (Crónica Quotidiana), Mané Rodrigues (Assuntos Culturais), Paulo Jorge Martins (Fauna Grossa), Ulda Duarte (Linguística da Huíla), Valério Guerra (Poeta Residente).
ligações
arquivos

Agosto 2022

Julho 2022

Fevereiro 2022

Janeiro 2022

Dezembro 2021

Novembro 2021

Outubro 2021

Setembro 2021

Agosto 2021

Julho 2021

Junho 2021

Fevereiro 2021

Janeiro 2021

Dezembro 2020

Novembro 2020

Maio 2020

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Junho 2019

Março 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Maio 2017

Setembro 2014

Julho 2014

Junho 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Dezembro 2013

Outubro 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Outubro 2009

Setembro 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Julho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Novembro 2006

Setembro 2006

Julho 2006

Junho 2006

Abril 2006

Março 2006

o nosso contacto:
munhozfrade@gmail.com
subscrever feeds
blogs SAPO