Uma apaixonante e esplendorosa terra, um magnífico povo! Será brilhante seu futuro, construído por todos os que têm Angola no coração, que nela ou na diáspora trabalham e com amor criam suas famílias.
Sábado, 26 de Janeiro de 2013
Pungo Andongo - 7

 

MJTPT


marcadores:

publicado por zé kahango às 01:39
link do post | comentar | favorito

Sexta-feira, 25 de Janeiro de 2013
Atlas de Angola

 

128 páginas, 1ª edição 2008, Macmilan Education


marcadores:

publicado por zé kahango às 15:00
link do post | comentar | favorito

Pungo Andongo - 6

MJTPT


marcadores:

publicado por zé kahango às 00:13
link do post | comentar | favorito

Pungo Andongo - 5

 


marcadores:

publicado por zé kahango às 00:13
link do post | comentar | favorito

Carta Geológica - 7

marcadores:

publicado por zé kahango às 00:13
link do post | comentar | favorito

Iona - 6

 

MJTPT


marcadores:

publicado por zé kahango às 00:13
link do post | comentar | favorito

Iona - 5

 

MJTPT


marcadores:

publicado por zé kahango às 00:12
link do post | comentar | favorito

Quinta-feira, 24 de Janeiro de 2013
Carta Geológica - 6

marcadores:

publicado por zé kahango às 01:03
link do post | comentar | favorito

Pungo Andongo - 4

 

MJTPT


marcadores:

publicado por zé kahango às 01:02
link do post | comentar | favorito

Pungo Andongo - 3

MJTPT


marcadores:

publicado por zé kahango às 01:02
link do post | comentar | favorito

um pouco de polémica...

"O Pensador é hoje uma figura emblemática de Angola, que aparece inclusive na filigrana das notas de kwanza, a moeda nacional. É considerada uma obra de arte nativa fidedignamente angolana. Não o discuto, mas parece-me que, à semelhança de qualquer figura emblemática de um povo — como, por exemplo, o "Zé Povinho" em Portugal, o "John Bull" na Inglaterra ou o "Tio Sam" nos Estados Unidos —, o Pensador tem origem numa "tradição inventada" — como diria Hobsbawm — ou "convencionada". Na verdade, os primeiros pensadores angolanos foram esculpidos nas oficinas do Museu do Dundo em data posterior a 1947. Nesse ano, por iniciativa da Diamang, a então Companhia dos Diamantes da Lunda, foi criado na povoação do Dundo um museu de arte tradicional e de colecções etnográficas e arqueológicas. Os funcionários da Diamang, na maioria belgas e portugueses, chegaram a contratar artesãos locais e instalaram-nos em oficinas, incentivando-os a esculpir na madeira ou a modelar no barro figuras que fossem genuinamente "nativas", mas ao mesmo tempo interferindo no sentido de aproximar as formas de uma estética que julgavam ser mais convencional no sentido ocidental. Houve casos, por exemplo, de figuras míticas africanas cujos pés, seguindo a tradição, eram grandes e às quais foi reduzido o tamanho dos pés, por razões "de ordem estética". Creio que a invenção do Pensador angolano ficou a dever-se a um caso destes. Pegando em figuras do ngombo, o cesto de adivinhação dos lunda-tchokwe, os europeus induziram os africanos a criar uma figura que, de algum modo, se assemelhava a uma estatuária de origem grega, particularmente cara aos escultores europeus renascentistas, como Leonardo Da Vinci ou Rodin: o Pensador.

Observemos agora algumas figuras divinatórias do cesto do tahi (adivinho tchokwe) que me parecem estar na origem do Pensador. Se virmos o que qualquer uma delas simboliza, verificamos que, curiosamente, nenhuma delas alude à atitude introspectiva, pelo menos numa acepção grega clássica.

"Fotos 332/332A - KALAMBA KA ÊTHO - Figura estilizada também designada por lemba, kachakulu e kuku wa lunda (ascendente masculino). Figura antropomórfica sentada em posição típica de sepultura (mãos segurando a cabeça e cotovelos apoiados nos joelhos); antepassado paterno ou materno que personifica o culto ancestral. Quando este espírito provoca doenças exige-se um ritual adequado para se conseguir a cura. Não pode faltar a cerveja de palmeira e o rufar de tambores. É bom pressagio aparecer com lukano (pulseira) e outros símbolos de realeza. É usado como amuleto e lembra ao consulente que deve respeitar os parentes falecidos e as tradições."

 

Esta é a figura que, logo à primeira vista lembra o pensador, mas, como vêm, tem a ver com a figura dos mortos (mais uma vez os antepassados) na sepultura."

 

(retirado de http://www.multiculturas.com/angolanos/alberto_pinto_tchokwe.htm )


marcadores:

publicado por zé kahango às 01:00
link do post | comentar | favorito

Quarta-feira, 23 de Janeiro de 2013
Iona - 4

 

MJTPT


marcadores:

publicado por zé kahango às 08:15
link do post | comentar | favorito

Pungo Andongo - 2

 

MJTPT


marcadores:

publicado por zé kahango às 08:14
link do post | comentar | favorito

Pungo Andongo - 1

MJTPT


marcadores:

publicado por zé kahango às 08:13
link do post | comentar | favorito

Carta Geológica - 5

marcadores:

publicado por zé kahango às 08:13
link do post | comentar | favorito

Terça-feira, 22 de Janeiro de 2013
Iona - 3

MJTPT


marcadores:

publicado por zé kahango às 02:55
link do post | comentar | favorito

Iona - 2

 

MJTPT


marcadores:

publicado por zé kahango às 02:55
link do post | comentar | favorito

Editor e Redator:
José "Kahango" Frade
marcadores

a nossa gente

a nossa terra

crónica

cultura

editoriais

livros

memórias

o futuro é já hoje

poesia

todas as tags

pesquisar
 
posts recentes

"DESDE ANTES DA SUA CRIAÇ...

por aqui passaram os expl...

Fuba de bombó

Tomás Lima Coelho - as ra...

Lembra-te Angola - nova s...

Sé Catedral

angolanos na exposição co...

Maravilha, com 830 página...

Ora bem...

Censura, Maldade ou Estup...

do "Panorama Missionário"...

"Missão de S. Bento do Ch...

movimentos “reivindicativ...

ainda sobre o silenciamen...

a "expansão pidesca" em A...

"Angola e as Retóricas Co...

A Baixa de Cassanje

Cassange, há 60 anos...

O que Salazar negou a Ang...

O que Salazar negou a Ang...

A "crise do Ensino Superi...

fases do colonialismo no ...

fases do colonialismo no ...

fases do colonialismo no ...

fases do colonialismo no ...

últimos comentários
Obrigado! Abraço.
Suspeito que a capa deste livro tenha ofendido alg...
Recorde-se, como aqui já foi citada, a importante ...
Mesmo assim, em rigor da verdade há motivações opo...
Sim, é precisamente desse artigo que retirei o que...
Este é um assunto que habitualmente dá origem às m...
Este, é um silenciamento voluntário. Por “má memór...
Essa rede de bufos era uma das causas do silêncio ...
Curioso e interessante. Fica registado. Entretanto...
As ficções sobre África (e também sobre os árabes....
Na verdade, não foi apenas aos colonos de Angola q...
Sim, esse é um livro incontornável para quem se in...
Esta reportagem poderá ser utilizada como um convi...
Obrigado, Karipande!
Neste século XXI, o povo Herero tem sido alvo de d...
Neste documentário, que não é etnográfico, são col...
É um local fantástico! Obrigado pela sua visita. V...
Também vivi na Baia dos Tigres até meados de 1974.
Veja-se um estudo detalhado (em espanhol): http://...
Um grande abraço e votos de 2021 na maior
posts mais comentados
24 comentários
8 comentários
7 comentários
6 comentários
6 comentários
6 comentários
5 comentários
5 comentários
5 comentários
5 comentários
4 comentários
Equipa do blogue
Coordenadora do Conselho Redatorial: Paula Duarte (A-Santa-Que-Me-Atura...) PAINEL DE COLABORADORES: Dionísio Sousa (Cavaleiro dos Contos), "Funka" (Nobre Reporter Permanente), João "Neco" Mangericão (Moçâmedes), Jorge Sá Pinto (Assuntos Arqueológicos), José Silva Pinto (Crónica Quotidiana), Mané Rodrigues (Assuntos Culturais), Paulo Jorge Martins (Fauna Grossa), Ulda Duarte (Linguística da Huíla), Valério Guerra (Poeta Residente).
ligações
arquivos

Fevereiro 2021

Janeiro 2021

Dezembro 2020

Novembro 2020

Maio 2020

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Junho 2019

Março 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Maio 2017

Setembro 2014

Julho 2014

Junho 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Dezembro 2013

Outubro 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Outubro 2009

Setembro 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Julho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Novembro 2006

Setembro 2006

Julho 2006

Junho 2006

Abril 2006

Março 2006

o nosso contacto:
munhozfrade@gmail.com
subscrever feeds
blogs SAPO