Uma apaixonante e esplendorosa terra, um magnífico povo! Será brilhante seu futuro, construído por todos os que têm Angola no coração, que nela ou na diáspora trabalham e com amor criam suas famílias.
Domingo, 30 de Junho de 2019
Faculdade de Medicina do Lubango - novas instalações

FD29775D-0F99-4ACC-8CAF-823798A5E6C8.jpeg

d9d41570ffe10f8cc64416a610d89c08.jpg

"O Presidente da República Joãos Manuel Gonçalves Lourenço, visitou as novas instalações da Faculdade de Medicina da Universidade Mandume ya Ndemufayo, no segundo dia da visita de trabalho que leva a cabo na cidade do Lubango, capital da província da Huíla.

Localizada na Centralidade da Quilemba, o Presidente da República testemunhou o descerramento da placa pela Ministra do Ensino Superior, Ciência, Tecnologia e Inovação, Maria do Rosário Bragança Sambo e efectuou uma visita guiada as novas instalações.

Com uma capacidade de 17 salas de aula, 6 laboratórios, para além das salas destinadas ao apoio administrativo e outros serviços, as novas instalações da Faculdade de Medicina da Universidade Mandume ya Ndemufayo (FM-UMN) garantem agora todas as condições desejáveis do ponto de vista de infraestruturas para que se desenvolvam todos os serviços desejados numa perspectiva do ensino de uma medicina qualificada.

A decana da Faculdade de Medicina da UMN, Drª. Ana da Silva Gerardo disse na ocasião que o novo espaço permitirá o aumento gradual do número de estudantes, por formas a que não se perca a qualidade do processo de formação. Para a Decana sente-se um grande ganho em termos de laboratórios, pois os equipamentos de que a Faculdade de Medicina dispões estão agora devidamente instalados em espaços próprios e adequados. Graças ao apoio prestado pelo Governo Provincial da Huíla, a FM-UMN conseguiu instalar os laboratórios de Simulação Clínica, Anatomia Patológica, Fisiologia, Bioquímica, Microscopia que alberga as disciplinas de Estologia, Embriologia e Anatomia Patológica.

A Faculdade de Medicina tem um efectivo docente composto maioritariamente por docentes cubanos, mas que paulatinamente vai integrando docentes nacionais, contando já com 14 docentes angolanos, dos quais se destacam 11 que se formaram na Instituição.

A Faculdade de Medicina matriculou 561 estudantes no ano 2019."

David Anjos Caunda, daqui

 



publicado por zé kahango às 23:23
link do post | comentar | favorito

Um novo arranque

Nos últimos dias, por ocasião da visita que efectuou ao Lubango, ficámos a saber da intenção expressa pelo Presidente João Lourenço de apostar forte na Província da Huíla, como alternativa para fixação de angolanos, visando resolver o problema do incomportável excesso populacional de Luanda.

Para tanto, o Estado Angolano conta desde já com um significativo "arranque" de investimento público em infra-estruturas, decididamente em curso pela vontade do Governador dessa Província, Luís Nunes.

Tal "arranque" de desenvolvimento do Lubango desdobra-se por vários polos, dos quais destacamos apenas alguns:

1. melhoramento urbano - designadamente a reabilitação dos eixos viários e do saneamento básico;

2. realojamento de populações a viver em condições precárias - a centralidade de Quilemba começa a ser habitada;

3. criação de novas instalações de raiz, para os vários níveis de ensino;

4. criação de novas unidades de prestação de cuidados de saúde - por exemplo a tão desejada Hemodiálise.

Um dos grandes entraves existentes, que - como o Sr. Governador recentemente referiu de viva voz ao Presidente J. Lourenço - urge ser resolvido é o problema do fornecimento de energia elétrica. As centrais térmicas em funcionamento não chegam para as crescentes necessidades.

Em resposta ao Sr. Luis Nunes, ouvimos a promessa do Sr. Presidente de implementar o projeto de ligação entre as barragens do Gove (Provícia do Huambo) e da Matala, que distam cerca de 300 Km.

Com estes factos, vontades e projetos, podemos ter fortes indícios que alimentem a nossa esperança de um futuro melhor.


marcadores:

publicado por zé kahango às 15:28
link do post | comentar | favorito

Quinta-feira, 14 de Março de 2019
Reencontro

Não sei quem é o autor da foto. Mas sei que significado profundamente simbólico essa imagem trouxe aos descendentes dos fundadores do Lubango na diáspora. 

8F4784A3-9FF0-4364-A852-75525CE600A6.jpeg

 


marcadores:

publicado por zé kahango às 11:59
link do post | comentar | favorito

Quinta-feira, 24 de Janeiro de 2019
de Bimbe para Angola Profunda

1545128B-5891-4F45-9CC5-C9BB79BE5EA4.jpeg

Criado há quase treze anos, este blogue acaba de atingir os dois milhares de posts.

A sua história desenrolou-se um tanto ou quanto irregularmente, com hiatos que permitem distinguir três fases: 1ª) de 2006 a 2009; 2ª) de 2012 a 2014; 3ª) desde 2017.

No decurso desses períodos, a edição do blogue foi-se adaptando às evoluções das tecnologias de informação. Alguns suportes tornaram-se obsoletos, como algumas plataformas para fotos, razão pela qual há antigos posts que se “esvaziaram”. Nos dias de hoje,  podemos dizer que a edição e a divulgação é mais ágil, nomeadamente graças às redes sociais. Essas comunidades virtuais não substituem a função dos blogues - antes se complementam, observando-se por vezes verdadeiras parcerias (por exemplo, citamos a bela página do Facebook “Angola Ambiente”, onde  temos colhido grande número de esplêndidas fotos, a cujos autores expressamos a devida vénia).

Em termos de motivação, digamos que ultrapassámos o limiar temporal amadorístico, sem que tenhamos adquirido ainda o know-how próprio dos patamares profissionais. Procuramos fazer um trabalho divulgador de temas pouco conhecidos, multifacetado, que possa servir ao desenvolvimento de um novo e grande País.

Assim vamos mantendo este apaixonante hobby, sem preocupações de avaliar estatisticamente o seu impacto. Basta-nos saber que somos visitados - em média 22 visitantes por dia no último ano, de ambas as margens do Atlântico - por interessados ou apaixonados por Angola, como nós. Nessa utilidade, ainda que modesta, consiste o nosso humilde contributo.

Aqui, neste espaço etéreo, sem qualquer suporte publicitário, investimos o ouro do nosso tempo pessoal, cujo produto concretiza a inversão, por artes de misteriosa alquimia, em satisfação da mente, em alimento do coração.


marcadores:

publicado por zé kahango às 00:04
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

Quarta-feira, 23 de Janeiro de 2019
reunindo...

A009021E-4962-46EE-B361-E12FCFE75CBD.jpeg

(daqui)


marcadores:

publicado por zé kahango às 17:37
link do post | comentar | favorito

tranquilidade...

Elephants on the Okavango in Angola.

https://www.atlasobscura.com/articles/angola-new-national-park


marcadores:

publicado por zé kahango às 17:26
link do post | comentar | favorito

Cubango

The river-based expedition team on the Cubango River.

https://www.atlasobscura.com/articles/angola-new-national-park


marcadores:

publicado por zé kahango às 17:22
link do post | comentar | favorito

rio Cuito

<em>Mokoros</em> (dugout canoes) pass through an oxbow in the Cuito River.

https://www.atlasobscura.com/articles/angola-new-national-park


marcadores:

publicado por zé kahango às 17:18
link do post | comentar | favorito

atividade da AAPAN em 2018

9BD16ACC-43D9-4C06-838E-8B97AA13B742.jpeg

“Durante este ano, focamo-nos na planificação da expansão do projecto, em colaboração com a Fundação Kissama, a BirdLife South Africa, o Institute for Natural Resources da África do Sul e a Joint Nature Conservation Committee. Foi desenvolvido um plano de expansão para o projecto do Morro do Moco e foi submetida uma proposta para patrocínio à Darwin Initiative.

Todo o trabalho no viveiro e de plantação de árvores apresentou um progresso significativo, sendo que foram já plantadas 1260 árvores e o viveiro alberga agora 1700. As linhas de quebra-fogos foram expandidas e protegem agora 22 ha de habitat; estas linhas travaram com sucesso pelo menos dois incêndios.

Na Kumbira, todo o trabalho financiado pela Conservation Leadership Program foi concluído, tendo sido entregue o relatório final, bem como foram realizadas reuniões com o Rainforest Trust sobre futuros trabalhos.

Este ano viu também a publicação do livro "Aves Especiais de Angola", com 120 cópias distribuídas grátis para Angolanos, por outro lado, Kerllen Costa deu seguimento às visitas a escolas em Luanda para distribuir cópias do livro "Aves Comuns de Luanda".

Tivemos também a oportunidade de estudar pela primeira vez no seu habitat natural, em Maio, o Barbaças-de-cabeça-branca de Angola.

(ver o Relatório em PDF aqui  )

barbaças.png

 


marcadores:

publicado por zé kahango às 17:04
link do post | comentar | favorito

mama Himba

12BD6897-DD86-42C1-AA69-7E65D001850A.jpeg

 


marcadores:

publicado por zé kahango às 14:06
link do post | comentar | favorito

Prémio de Mérito

27B9CDFF-0F71-4002-8761-61DF161FA74C.jpeg

A angolana Suraia Munguengue recebeu anteontem uma distinção concedida pela Marinha Portuguesa, pela sua Dissertação de Mestrado sobre O Mar Angolano.

Leia a notícia completa aqui



publicado por zé kahango às 13:38
link do post | comentar | favorito

em plena corrida

A0876348-EEE4-4A4C-83EC-52108B297120.jpeg

foto de António Martins


marcadores:

publicado por zé kahango às 09:14
link do post | comentar | favorito

um par bicudo

F5E7BCBC-8FBB-4F25-AA61-DC84823ED0D3.jpeg

foto de António Martins


marcadores:

publicado por zé kahango às 09:11
link do post | comentar | favorito

uma bela lagartixa

E41F0120-B795-44ED-8F79-7C9C8E32D29B.jpeg

foto de António Martins


marcadores:

publicado por zé kahango às 09:09
link do post | comentar | favorito

borboletas da Kumbira

3D74FA6F-A401-4CFA-9560-43EC5D9C84FE.jpeg

B878F26E-482C-4F48-A55D-95712BC22EEF.jpeg

fotos de Rogério Ferreira


marcadores:

publicado por zé kahango às 07:44
link do post | comentar | favorito

Terça-feira, 22 de Janeiro de 2019
no meu quintal

 

Sob a frondosa mangueira

junto ao muro do meu quintal

avisto o mundo inteiro. 

 

Avisto a serra

a que os meus antepassados subiram,

avisto o rio

e a praia onde a família assentou.

 

Ouvindo os passarinhos nos ramos,

saltitando entre as doces mangas,

avisto os tempos dos meus avós,

avisto meus dias de criança.

 

Trago na boca o travo desses tempos,

e o hálito cheiroso das goiabas.

 

Calcorreando-me as memórias

passam bois e cabritos

e sobre os rebanhos ainda se ouvem 

os gritos dos meninos descalços. 

 

Nada mais preciso. 

 

Sou mulher, sou homem,

sou branco, sou negro. 

 

 


marcadores:

publicado por zé kahango às 10:34
link do post | comentar | favorito

estorninhos

F413CB58-2B76-4F59-9C1F-275FCF5CE8F1.jpeg

778B6A71-48B5-496B-AE99-160980348192.jpeg

fotos de Rogério Ferreira


marcadores:

publicado por zé kahango às 07:48
link do post | comentar | favorito

Editor e Redator:
José "Kahango" Frade
marcadores

a nossa gente

a nossa terra

crónica

cultura

editoriais

livros

memórias

o futuro é já hoje

poesia

todas as tags

pesquisar
 
posts recentes

Faculdade de Medicina do ...

Um novo arranque

Reencontro

de Bimbe para Angola Prof...

reunindo...

tranquilidade...

Cubango

rio Cuito

atividade da AAPAN em 201...

mama Himba

Prémio de Mérito

em plena corrida

um par bicudo

uma bela lagartixa

borboletas da Kumbira

no meu quintal

estorninhos

Origens dos Mucuisses

na Lucira

Gente da Huíla

kitawela!

observem as aves...

Programa Angola Jovem (PA...

reduzindo a mortalidade

lugar de silêncio

últimos comentários
E o Rio Cubal desagua em Moçâmedes na provincia do...
E uma rã de especie rara e possivelmente so encont...
Gostei muito de ler os vossos post, realmente quan...
Nosso pais com tantas maravilhas Noticias de angol...
Caro Carlos: Estive a apreciar a sua página, que o...
Gostei muito da materia quem dera um dia publicar ...
Gostei muito da materia quem dera um dia publicar ...
Alguns botânicos suspeitam que na peculiaridade da...
Ah ah ah! Bem visto! Por vezes a erudição vem acom...
Muito obrigado pela contribuição! Incluirei o link...
Então o jornal Cultura publica uma fotografia de u...
Ah, desculpe, pensei que fosse um desafio... Eu ta...
Também me parece, mas gostava de saber como se cha...
É uma pequena rã com as patas encolhidas, vista de...
Agradeço, mas o mérito não é meu. Como pode ver pe...
Boa tarde.Li e gostei deste excelente texto. Melho...
Não esquecer ainda o Parque Nacional do Bicuar...
Obrigado. Estamos à espera dos teus lindos poemas,...
De facto, para familiares e amigos, é uma triste p...
Obrigado pela resposta. De qualquer modo, mesmo nã...
posts mais comentados
24 comentários
9 comentários
6 comentários
6 comentários
6 comentários
6 comentários
5 comentários
5 comentários
5 comentários
4 comentários
4 comentários
Equipa do blogue
Coordenadora do Conselho Redatorial: Paula Duarte (A-Santa-Que-Me-Atura...) PAINEL DE COLABORADORES: Dionísio Sousa (Cavaleiro dos Contos), "Funka" (Nobre Reporter Permanente), João "Neco" Mangericão (Moçâmedes), Jorge Sá Pinto (Assuntos Arqueológicos), José Silva Pinto (Crónica Quotidiana), Mané Rodrigues (Assuntos Culturais), Paulo Jorge Martins (Fauna Grossa), Ulda Duarte (Linguística da Huíla), Valério Guerra (Poeta Residente).
ligações
arquivos

Junho 2019

Março 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Maio 2017

Setembro 2014

Julho 2014

Junho 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Dezembro 2013

Outubro 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Outubro 2009

Setembro 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Julho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Novembro 2006

Setembro 2006

Julho 2006

Junho 2006

Abril 2006

Março 2006

o nosso contacto:
munhozfrade@gmail.com
subscrever feeds
blogs SAPO