Intensa paixão, tristeza profunda, sagrada esperança...
Quinta-feira, 7 de Maio de 2009
revolução agrícola

Luanda - O director do projecto Aldeia Nova, José Cerqueira, defendeu hoje, quarta-feira, a necessidade de ocorrer no país uma revolução agrícola que faça com que a população deixe de praticar a agricultura de subsistência.
O economista fez esta afirmação durante uma palestra sobre a “Eficácia e Eficiência no Sector Empresarial”, onde apresentou uma comunicação sobre a estratégia de expansão do projecto Angola Nova no país.
De acordo com José Cerqueira, Angola possui enorme quantidade de terras aráveis e uma revolução agrícola faria com que muitos agricultores deixassem de ser pobres. "A história e a geografia mostram que Angola tem potencialidades fantásticas", disse.
Ao debruçar-se sobre a Aldeia Nova, apontou o projecto do Wako-Kungo como sendo um dos mais importantes para a implementação da cultura industrial da cana-de-açúcar.
Segundo José Cerqueira, a cultura da cana-de-açúcar é importante porque permite o fornecimento de in put de qualidade para a engorda do gado, a produção de grãos como o milho, soja, girassol entre outras.
De acordo com o economista, a modernização da agricultura passa pelo estabelecimento da logística dos factores da produção que consistem na criação de complexos agro-industriais.
O responsável do Gabinete de Análise e Monitorização de Projectos da Gestão de Terras Aráveis (Gesterra), José Bettencourt, informou que se espera este ano produzir 22 mil 482 toneladas de milho, 734,4 de soja, 180 de arroz e 270 de feijão, nos projectos agrícolas em desenvolvimento na província de Malanje, propriamente na comuna de Pungo Andongo.
Segundo o palestrante, o país necessita de uma produção de três milhões de toneladas de milho/ano, para cobrir o défice de dois milhões e meio.
Disse que a Gesterra perspectiva para os próximos anos iniciar com a produção de sementes e 84 mil toneladas de grãos, assim como a implementação de projectos de desenvolvimento das culturas do milho, batata, feijão, banana, palmar, arroz e soja.



publicado por zé kahango às 13:29
link do post | comentar | favorito

Equipa do blogue:
Editor e Redator: José "Kahango" Frade Coordenadora do Conselho Redatorial: Paula Duarte (A-Santa-Que-Me-Atura...) O Mui Ilustre Painel de Colaboradores: Dionísio Sousa (Cavaleiro dos Contos), "Funka" (Nobre Reporter Permanente), João "Neco" Mangericão (Moçâmedes), Jorge Sá Pinto (Assuntos Arqueológicos), José Silva Pinto (Crónica Quotidiana), Mané Rodrigues (Assuntos Culturais), MJT Pimentel Teixeira (Prospecções), Paulo Jorge Martins (Fauna Grossa), Ulda Duarte (Linguística da Huíla), Valério Guerra (Poeta Residente).
marcadores

a nossa gente(492)

a nossa terra(540)

crónica(16)

cultura(425)

editoriais(25)

livros(46)

memórias(36)

o futuro é já hoje(378)

todas as tags

pesquisar
 
posts recentes

para as terras de Ondjiva

Ovakwambundo - O povo do ...

só entre nós...

Muhumbe

antigas, do Quipungo

alegria, entre missangas....

o Óscar Gil, em reportage...

Herdeiro

faces - 6

faces - 5

faces - 4

Por que tenho de explicar...

faces - 3

faces - 2

faces - 1

por Angola

Os primeiros tchicoronhos

atenção

Gunga

Muhimba

moinho boer na Humpata

deixando a Palanca...

Macópios

Tomates

Mumuíla

demarcando fronteira...

Huíla

Contos do Vissapa - 8

Tômbua

apregoando boas mangas...

há muito para contar...

Quimbo - Gambos

a antiga atracção pelas á...

Côr!

trabalhos...

numa pausa...

seguindo a picada...

Humbe

para refrescar...

ponte na Chibia

Missão de Omupanda (Cuanh...

Otchinjau

Maneco de Capangombe

lançamento de "Viagem à t...

de José Viana Leitão de B...

preservar...

Estação Zootécnica, c. 19...

curiosidades...

O camacove...

colorida...

últimos comentários
olá.. sou finalista do curso de serviço social. Me...
Olá, sou brasileira eestou estudando a Lingua Gest...
SAPS prezados canhotos Esperado boa disposição de ...
Bem, Francisco Cubila, a notícia que comenta já te...
A Junta Regional de Luanda, não é representante do...
Sou um jovem formado e com experiência de trabalho...
olá, cursei Antropologia(faculldade de ciênçias so...
Obrigado.
A nossa terra é sempre inesquecível.Gostei do poem...
De facto vive na Baía dos Tigres nas décadas 1960 ...
Obrigado más não tinha o que eu queria saber
Olá Lurdes, sou angolana e estou a aprender Língua...
Boa Tarde , meu nome e Agnes e eu estou a fazer um...
Boa tarde Hilario,preciso muito falar com você,por...
No pais como este, tudo cidadaõ pretende estudar e...
posts mais comentados
23 comentários
7 comentários
6 comentários
6 comentários
6 comentários
Maio 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
27

28
29
30
31


ligações
arquivos

Maio 2017

Setembro 2014

Julho 2014

Junho 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Dezembro 2013

Outubro 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Outubro 2009

Setembro 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Julho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Novembro 2006

Setembro 2006

Julho 2006

Junho 2006

Abril 2006

Março 2006

Angola

Ver mapa maior
Visitantes de todo o mundo...
Locations of visitors to this page
blogue inscrito em
Add to Technorati Favorites Places Blogs - BlogCatalog Blog Directory
o nosso contacto:
munhozfrade@gmail.com
subscrever feeds
blogs SAPO